Corte Indevido de Luz e Água





Se a sua energia elétrica ou água foram cortadas indevidamente, você tem direito à religação e a ser indenizado por danos morais.

É muito comum que, por confusão, a Eletropaulo (Enel) desliga a energia elétrica de um consumidor que está em dia com suas contas ou que, mesmo estando em atraso, não tem um atraso que realmente possibilite que a energia seja cortada.
A mesma situação acontece com o corte de água, quando a sabesp promove o corte devido a alguma confusão!

Para resolver a situação, seu advogado entrará com um processo pedindo o religamento imediato e os danos morais (numa média de R$ 5.000,00). O religamento, caso haja bom conteúdo de provas, pode ocorrer em poucos dias, depois a ação continua para que sejam dados os danos morais.

Se ainda tiver alguma dúvida e quiser entrar em contato com um advogado, clique no símbolo do whatsapp no canto da tela e ficaremos felizes em lhe responder o mais rápido possível!

Se as provas forem boas, existe boa possibilidade de que o juiz mande a energia ser religada em poucos dias. Uma vez apresentado o processo, normalmente em cerca de 24 a 48 horas sai a decisão.
A empresa é obrigada a notificar você de que irá promover o desligamento pelo menos 15 dias antes de realiza-lo. Caso a empresa não tenha notificado você através de uma carta, de um empregado ou na própria conta, o desligamento é abusivo e ilegal.
Depois da data da conta atrasada, as operadoras têm 90 dias para promover o desligamento da água ou da energia. Depois desse prazo, se as próximas contas estiverem pagas, a operadora perde o direito de fazer o corte. Fique atento: a operadora pode continuar cobrando você, só não pode é efetuar o corte por uma conta que tem mais de 90 dias do vencimento.